“A equipe está mais” suja”: Pedras criticou a atitude dos jogadores colombianos no último duelo | Upsocl

“Es el equipo más sucio”: Stones criticó la actitud de los jugadores colombianos en el último duelo

Além disso, o defesa inglês está animado para levantar a Copa do Mundo. “Por que não?”, ele disse.

O duelo entre Colômbia e Inglaterra, que abriu caminho para os britânicos no trimestre-de-final, não é o mais limpo do que você se lembra desta Copa do Mundo. Os produtores de café foram 23 faltas e o inglês de 13 anos, que resultou em 6 cartazes, amarelo para os sul-americanos e 2 europeus. E, com esse cenário como pano de fundo, John Pedras criticou o jogo para seus rivais.

“O jogo foi muito estranho. Ele é provavelmente o mais sujo que eu já enfrentou”, ele atirou.

— Carla Bernucci (@gbernucci)

“No tempo que temos de ganhar, de pênalti de Sanchez no Kane-eles foram cercam o árbitro, mesmo empurrando-a”, estende-se o zagueiro do Manchester City. “Nós nos concentramos em fazer a nossa equipa de futebol, que fala muito bem de nós. Eles estão agora em um avião voltando para casa, e nós não. Que vai doer mais”, terminou.

imagem07-07-2018-16-07-08AP

A inglaterra vai enfrentar a Suécia, que tem sido imparável diante de grandes rivais como a Holanda, a Itália e a Alemanha, com o sonho de esgueirar-se para as meias-finais. Algo não alcançado desde a Itália 90′. “O que nós dissemos desde o início, nós gostaríamos de ganhar a copa do Mundo. Que é o que nós queremos fazer, nós viemos para tentar ganhar”, diz o central, está confiante para repetir a façanha de 66′.

“Antes do torneio, nós dissemos que nós viemos aqui com o objetivo de vencer os jogos e ver o que estava acontecendo, fica claro que o que estamos fazendo”,analisou. “Tem sido um longo tempo desde a última vez que ganhou, e queremos que as pessoas sintam orgulho da equipe. Estamos um passo a menos para isso, mas sabemos que estamos em várias partidas, temos que ser focada na festa da Suécia”, disse o inglês.

imagem07-07-2018-16-07-08AP

“Um passo de cada dia, mas o sonho é que, por que não?”