A poderosa mensagem por trás da celebração de Xhaka e Shaqiri em sua vitória contra a Sérvia | Upsocl

El poderoso mensaje detrás de la celebración de Xhaka y Shaqiri en su victoria ante Serbia

Nem é por acaso que eles têm realizado este gesto contra os sérvios. Pelo contrário, ele está diretamente para eles.

Não foi uma festa para Shaqiri e Xhaka, bandeiras da Suíça. Além disso, ele é a chave para as suas aspirações, a partida contra a Sérvia teve um sabor especial para os jogadores, tanto de origem albaneses do kosovo, como Behrami e Dzemaili. Atrás da motivação do esporte, um conflito político -que remonta a 1991 – acendeu o humor na suíça.

Com a independência do Kosovo como pano de fundo, saíram para o campo e, assim como eles haviam imaginado em seus desejos mais fervorosos, ele marcou o rival jugoslava. Primeiro foi o Arsenal, que colocou o 1-1 parcial para a 52″, com uma chicotada impossível. Golazo. E se isso não fosse o suficiente, para comemorar o fez um gesto singular: l –um com duas cabeças da águia, o símbolo da Albânia.

imagem24-06-2018-16-06-34AP

Mas não é só uma coisa de origem. O pai de Xhaka foi um prisioneiro político por 3 anos e meio, devido aos protestos contra o governo da Iugoslávia durante esses anos. Ao sair, ele foi para o exílio com sua família para a Suíça, onde ele nasceria, Granito, em 1992. É mais, Taulant, o irmão do volante, joga na Albânia.

Não seria a única manifestação da noite, se não que é só o começo. Com o jogo já no epílogo, o líder do conjunto suíço foi executado somente em uma reação, de modo a conduzir o 2-1 final nos anos 90′.

Como se isso não fosse o suficiente punição para os sérvios, o jogador do Stoke City é puxado a t-shirt e, em seguida, realizada como seu companheiro. E é que Xherdan também tinha suas motivações pessoais. Nascido em Gnjilane, Kosovo, teve de emigrar de sua terra natal devido ao jugoslava da guerra civil, em pleno desenvolvimento, em 1992.

Um mês antes da copa do Mundo, além disso, que o fim tinha enviado outra mensagem para o seu cruzamento com a Sérvia. Quando você apresentar o seu equipamento no Instagram revelou que uma de suas botas teria no calcanhar a bandeira do Kosovo, em conjunto com a Suíça sobre a outra.

Para postar compartilhada por@shaqirixherdan) em 23 de Maio de 2018, às 10:29am PDT

O fato não passou despercebido para os seus rivais, aqueles que criticaram a ele nas semanas antes da reunião. “Como já foi dito Mitrovic, seja como patriotas são, jogar com esses países e não com a Suíça”, disparou Milivojevic, praça central, na sérvia. “Todos nós sabemos qual é a importância deste jogo, estamos cientes disso, e nós não vamos permitir que qualquer provocação. O que você faz é o seu problema”, foi lançado um dia antes do jogo contra a suíça.

A provocação, no final, ela tomou forma. Haverá sanções?