Para montar um bom currículo para Jovem Aprendiz, a dica é que você coloque primeiramente onde estuda ou onde estudou, assim como quando iniciou e terminou cada curso.

Não deixe de inserir informações sobre os cursos que você realizou, independentemente de ser presencial ou online.

Conforme explicado no site Inscrição 2020, o Jovem Aprendiz é um programa que visa auxiliar o primeiro emprego de jovens e adolescentes entre 14 e 24 anos. 

Pela lei, todas as empresas de médio e grande porte precisam ter de 5% e 15% de menor aprendiz no quadro de funcionários. Então, confira as vagas nas empresas de sua cidade – se você mora no Rio de Janeiro, por exemplo, veja as oportunidades nesse local.

Entre os pontos que devem estar presentes no currículo do Jovem Aprendiz, destacam-se:

  • Escolaridade,
  • Objetivo,
  • Cursos complementares,
  • Participação em palestras, se existir,
  • Cursos online,
  • Atividades complementares.

Além da idade ser requisito básico, é necessário ainda estar matriculado em uma unidade de ensino pública (ou ter concluído os ensinos nela) – o Governo vem pensando em abrir chance para quem não estuda também –, ser de baixa renda, nunca ter trabalhado com carteira assinada e ter disponibilidade para trabalhar entre 4 e 6 horas por dia.