O uso de antibióticos e uma má alimentação realizada com alimentos gordurosos e açucarados, por exemplo, podem causar prejuízos à microbiota intestinal, já que esses fatores reduzem o número de bactérias benéficas no intestino. No entanto, para manter o equilíbrio neste órgão é importante ingerir probióticos através de alimentos, cápsulas ou sachês.

A ingestão de probióticos é importante, pois eles oferecem muitos benefícios durante a digestão dos alimentos e absorção de nutrientes. Além disso, eles podem ajudar no fortalecimento do sistema imunológico para manter a saúde em dia.

 

Mas, o que são probióticos?

Eles são microrganismos vivos que habitam no intestino. O objetivo é melhorar a saúde facilitando a diversas funções do corpo.

Saiba que o sistema digestivo hospeda cerca de dois mil tipos de bactérias, mas quando a flora intestinal sofre algum desequilíbrio, o intestino é povoado por bactérias ruins e fica mais suscetível ao surgimento de várias doenças.

Mas, ao contrário do que muitas pessoas pensam, não são apenas os derivados lácteos que podem oferecer as bactérias do bem. Alguns alimentos com função probióticas, como iogurtes, leites fermentados, queijos e azeitonas, podem ser inseridos no cardápio do dia a dia.

A imagem msotra um exemplo de um produto de proibiótico.

Probióticos e prebióticos são as mesmas coisas?

Não! Apesar da grafia ser parecida eles são elementos diferentes, mas estão associados à microbiota intestinal. Entenda a diferença:

  • Prebióticos: fibras que alimentam os probióticos;
  • Probióticos: microrganismos vivos que oferecem diversos benefícios à microbiota intestinal e estimulam as bactérias do bem.

 

6 benefícios dos probióticos para a saúde

Um dos principais benefícios do probiótico é estimular o funcionamento correto do intestino, mas é importante saber que ele oferece muito mais. Veja seis que separamos:

 

1. Fortalece o sistema imunológico

Os probióticos ajudam a modular a resposta imune da mucosa em todo o corpo, promovendo o aumento dos níveis de imunoglobulinas e linfócitos. Desta forma, eles ajudam a prevenir doenças de origens inflamatórias e infecciosas.

 

2. Perda de peso

Perder peso de maneira saudável é fundamental para a saúde do organismo e os probióticos pode ajudar nesta função. Isso porque, algumas bactérias intestinais atuam na regulação do peso e inibem a absorção de gorduras alimentares. Eles são conhecidos como probióticos ativadores da queima de gordura. Saiba que eles também podem combater a obesidade e o excesso de peso reduzindo o apetite.

 

3. Melhora a digestão

A microbiota intestinal precisa estar em equilíbrio para que o sistema gastrointestinal funcione corretamente. Neste objetivo, os probióticos auxiliam a neutralizar os efeitos negativos de escolhas alimentares, doenças ou medicamentos.

 

4. Prevenção de doenças

Os benefícios dos probióticos vão além dos oferecidos para o intestino, já que ele pode auxiliar na prevenção de doenças como diabetes e cardiovasculares, já que com a chegada das bactérias no intestino, as células ativam suas defesas, pois elas ainda não sabem a intenções dessas bactérias. Desta forma, ao intestino permanece ativo e pode reagir aos possíveis causadores de doenças.

 

5. Prevenir e tratar alergias

Na flora intestinal, o desenvolvimento de microrganismos probióticos podem ajudar a prevenir a tratar algumas alergias, como dermatite atópica, asma ou à ácaros, pois elas diminuem a resposta inflamatória produzida no organismo.

Vale saber que o efeito dos probióticos contra a alergia depende do microrganismo consumido e a combinação dos prebióticos (fibras que alimentam os probióticos) encontrados nos alimentos.

Vale saber que o consumo de prebióticos em mulheres grávidas e lactantes ajudam a evitar doenças alérgicas no bebê, como alergia ao leite de vaca, eczema e dermatite. No entanto, deve ser consumido apenas sob orientação do ginecologista ou obstetra.

 

6. Previne infecções do trato urogenital

Os probióticos podem ajudar a flora vaginal a se restabelecer e reduzir o risco de aparecimento de doenças do sistema urinário, como infecções urinárias.

Eles também podem proteger contra o desenvolvimento de vaginite, por bactérias ou leveduras, bem como o uso de antibióticos ou alterações hormonais da mulher.

Além desses, os probióticos podem oferecer muitas vantagens para a saúde do corpo todo, já que são indicados para tratamento de acnes, cicatrizações e ressecamentos, por exemplo.

 

O probiótico é recomendado para crianças?

Essa é uma dúvida comum dos pais que percebem que seus filhos estão enfrentando algum problema digestivo, principalmente na primeira infância, quando essa situação é normal.

No entanto, antes de oferecer para a criança, converse com um especialista e explique o caso. Se o médico recomendar o uso de probiótico, os pais podem dar para seus filhos sem medo. Isso porque, muitos profissionais acreditam que ele melhora os casos de diarreia, infecções respiratórias, cólicas e gastroenterite aguda.

 

Como incluir probióticos na rotina?

Se o seu desejo é reforçar o funcionamento do organismo com probióticos, consulte seu médico ou nutricionista para avaliação.

Todavia, se o especialista recomendar o uso, é possível incluir probióticos naturais na rotina através de alimentos (como os listados acima) e opções manipuladas como os oferecidos no site da Dermo Manipulações.