O impressionante condição física de Cristiano Ronaldo, aos 33 anos de idade. Quebrou várias marcas | Upsocl

El impresionante estado físico de Cristiano Ronaldo a sus 33 años. Rompió varias marcas

Apesar do fato de que a sua aceleração não é o mesmo como antes, continua a ser o mais rápido do mundo. Os médicos ficaram surpresos.

Para qualquer pessoa de novo é que Cristiano Ronaldo, a estrela do Real Madrid, é o vão, cuidar do seu corpo mais do que qualquer coisa e, além disso, ele é obsessivo para impulsionar o seu estado físico. Essa é a forma em que o português está preparado para melhorar o seu desempenho em quadra, muitos acreditam que é por que ele é um jogador de topo, mais do que um talento natural e inata, como o que mantém o seu eterno rival, Lionel Messi.

Além de entrar em um debate sem fim, que pelo jeito é o improvável, é melhor para resgatar como a de que o transtorno obsessivo preparação levou-o a aumentar a sua forma, dizendo que ele havia perdido para os seus 33 anos. E que ele tem de marcar um gol a cada 43 minutos do segundo turno do Campeonato, e o 14 de muitos-uma das espetacular chileno em 9 partidas da liga dos Campeões.

imagem08-04-2018-16-04-31Instagram/@cristã

Por que manter mencionar a pirueta contra a Juventus? Tais acrobacias, além de ser uma imagem difícil de remover da retina, o que diz muito sobre o físico da língua portuguesa. Para realizá-lo, ele teve de levantar o seu corpo de 1.87 metros, a uma altura de 1,40 m, para bater a bola em cerca de 2,45 metros. Louco, para onde você olhar para ele.

Cristiano Ronaldo no treino de ontem à tarde…

A prática faz perfeito ♂️

— Indy De Futebol (@IndyFootball)

E é que o corpo do “7”, em Madrid, está em um estado fora de série, em especial se considerarmos que ele já está com 33 anos de idade. Não acredita? Atenção.

A equipe técnica do clube merengue realizados alguns testes sobre o jogador, que indicaram que sua condição física foi equivalente à de um jovem de 23 anos. Seu corpo mostra apenas 7% de gordura, algo incomum considerando a média dos jogadores, que ronda entre 10% e 11%, conforme relatado por ENQUANTO. A mesma coisa acontece com a percentagem de massa muscular, o que supera a média de 46%, chegando a 50%, algo que é certamente no modo de exibição. E é, talvez, uma das maiores preocupações do melhor marcador da Liga dos Campeões.

No entanto, em campo é recompensado mais e mais aceleração, como a que tinha Ronaldo em seu tempo como um Diabo Vermelho. E que, enquanto ele não é como era antes, o que o mantém entre os jogadores mais rápidos. Por exemplo, se o compararmos com o melhor da liga inglesa, conhecida por ter o máximo de expoentes nessa área, Cristã não tem muito a invejar.

A maior velocidade registrada nesta temporada, e desde que começou a medição, em 2013, a Leroy Sané, o agile fim do Manchester City, com 35, 48 quilômetros por hora. Em português marcado, em 2017, um máximo de 33, 25.

Leroy Sané – o mais rápido jogador do 2017/18 temporada e desde 2013/14. [Premier League]

— Cidade De Relógio (@City_Watch)

Um registro é simplesmente impressionante e um exemplo do metódico trabalho de português. E, além dos benefícios que ela pode trazer esteticamente falando, o português é também uma promessa para seu clube. Um líder e um artilheiro, que vai durar pelo menos mais alguns anos, e que hoje começou o seu sexto Bola de Ouro.

imagem08-04-2018-16-04-31Instagram/@cristã