Mais uma novidade no tratamento de esclerose múltipla

O sofrimento dos pacientes portadores de esclerose múltipla, doença neurológica que se manifesta por deterioração progressiva das funções do corpo e incapacidade gradual de realizar as tarefas mais corriqueiras, pode estar começando a ser evitado.

Um anticorpo novo, chamado natalizumab, foi testado em 942 pacientes que sofrem de crises repetidas da doença.

O estudo, publicado recentemente na revista New England Journal of Medicine, demonstrou que a administração desse agente conseguiu reduzir em 42% a progressão da doença durante os dois anos em que a pesquisa foi realizada. O pesquisador C.H. Polman, orientador do trabalho, confirma que o grupo que recebeu o natalizumab apresentou também menor número de crises agudas, evitando assim a piora dos sintomas.

Esses resultados representam uma chance real de manejo mais eficaz de uma doença devastadora. Futuros estudos deverão ser realizados para confirmar esses dados e definir melhor quando e para quem o tratamento deve ser indicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *