Geral

5 locais em que você pode usar gradil

gradil cerca

O gradil é versátil, tanto que você pode utilizá-lo em diversos locais, montando cercas de proteção de elevada qualidade. Mas, em quais lugares dá para usá-lo, especificamente? Continue a leitura e confira!

 

O que é gradil?

Antes de conhecer os locais de uso, é importante saber o que é gradil. Trata-se de uma tela de proteção feita com material metálico, normalmente aço galvanizado, que é famoso por ser super-resistente a danos, principalmente ao enferrujamento.

Possui estrutura compacta, é modular (o que facilita sua instalação), possui design agradável e atual, além de estar disponível em ampla cartela de cores, embora a versão verde seja a mais utilizada atualmente.

 

Para que serve o gradil?

O gradil é uma solução voltada para a instalação de cercas de proteção, evitando invasões e restringindo acessos. Sua aplicação pode ser interna ou externa, dependendo do que irá cercar.

 

Onde utilizar o gradil

O gradil é aplicável a diferentes locais, tanto em áreas internas como externas. A seguir, listamos possíveis lugares que podem recebê-lo. Confira e conheça cinco locais:

 

  1. Áreas verdes (jardins, praças e parques)

A cerca gradil pode proteger jardins, praças e parques, restringindo acessos. O gradil na cor verde é mais recorrente nessas áreas, porque se mescla com plantas do local, tornando-se quase que imperceptível. Por isso, não altera profundamente o visual.

 

  1. Piscinas

O gradil é um aliado quando se quer restringir o acesso a piscinas, cercando-as com um material resistente a danos e difícil de ser transposto ou rompido.

Dessa forma, reduz-se expressivamente a possibilidade de uso das piscinas sem autorização, além de diminuir a possibilidade de queda acidental na água, o que faz a diferença em imóveis e condomínios residenciais, minimizando o risco de afogamentos.

 

  1. Canil

O gradil é uma alternativa perfeita ao alambrado, possibilitando a montagem de canis seguros e que não machucam os animais ao mínimo contato. Além disso, é um material resistente a impactos, por isso não será danificado facilmente, mantendo os cães no local.

 

  1. Quadras esportivas

Tradicionalmente, o alambrado sempre foi utilizado para cercamento de quadras esportivas, impedindo a invasão do espaço ou que equipamentos utilizados nos jogos atingissem os espectadores.

Mas, atualmente o gradil para quadras se fixou como uma alternativa, principalmente quando se busca uma tela visualmente mais agradável e que ofereça um bom nível de proteção do espaço.

 

  1. Áreas empresariais e residenciais

Nestes casos, a cerca gradil tem como foco a segurança perimetral das áreas, protegendo-as contra invasões, de modo a evitar furtos, roubos ou danos a bens patrimoniais.

A cerca gradil forma uma barreira física robusta e difícil de ser rompida ou escalada, uma vez que é feita com material resistente a cortes e que não é escalável, aumentando a proteção desses espaços.

Tudo isso por um preço acessível, uma vez que o gradil é mais barato do que construir muros de alvenaria, considerando o preço do produto em si e de sua instalação.

 

Dicas para comprar gradil

Acertar na compra do gradil para jardins, piscinas, canil, quadras e demais áreas é essencial, garantindo um material que atenda completamente suas necessidades de cercamento. Ao adquirir o gradil, considere os seguintes pontos para não errar na compra:

 

Aço galvanizado

Dê preferência para o gradil de aço galvanizado, que é uma opção que não oxida e dura muito mais. Há, ainda, uma alternativa com revestimento de material sintético, como a pintura epóxi, que forma uma camada de proteção extra sobre o aço, além de deixá-lo colorido.

Essas duas opções de gradil são ótimas dicas de compra porque permanecem em bom estado por um longo período, bem como possuem baixa manutenção, com menor necessidade de consertos, de modo a simplificar o cuidado com a cerca.

 

Tamanho da área a ser cercada

Depois de selecionar o gradil de aço galvanizado e/ou com revestimento, considere o tamanho da área a ser cercada, para comprar a quantidade ideal para montagem do cercamento, sem possibilidade de falta ou sobras, de modo minimizar a chance de desperdício de dinheiro.

 

Altura da tela

É importante que também considere a altura da tela. Se sua intenção for restringir acesso e evitar invasões, quanto mais alta, melhor. Dessa forma, dá para proteger a área com maior eficácia.

 

Cor

A cor do gradil deve ser uma preocupação se o fator estético for importante em seu projeto de cercamento. De modo geral, é fácil encontrar o produto na cor verde, mas você também possui alternativas de outras cores.

A dica é combinar a tonalidade do gradil com outra que já é utilizada na área de instalação, para garantir unidade visual. Mas, nada impede que ouse um pouco mais na cor ao comprar gradil.

 

Peças de instalação

Além de comprar gradil, também adquira as peças de instalação, como perfil de alumínio, chumbador, junção, porcas e suportes. Se necessário, conte com o auxílio do responsável pela instalação para comprar as peças corretas.

Como escolher a cor da cortina para sala?

cor de cortina para sala

Escolher a cor perfeita para a cortina da sala é essencial para ter uma decoração mais bonita e aconchegante. Não é para menos, afinal, a tonalidade certa complementa o ambiente e ajuda a despertar sensações específicas, como a de conforto.

Mas, como escolher a cor da cortina da sala? Aqui você vai saber exatamente como definir a tonalidade ideal da peça, para criar ambiente com estilo de sobra e muito mais agradável. Confira!

Harmonize cores

Ao escolher sua cortina, procure harmonizar a cor da peça com o restante da decoração. Por exemplo, se o ambiente possui tons de bege, considere comprar cortina nessa tonalidade ou num tom semelhante, como o marrom.

Dessa forma, garante-se unidade e harmonia visual, o que torna a decoração da sala muito mais agradável e elegante. Essa dica, inclusive, é uma que tem chance de erro reduzida, sendo uma aposta certeira para quem não entende muito de decoração.

Use tons neutros

Os tons neutros são excelentes pedidas para quem tem medo de errar, porque combinam com qualquer outra cor. Além disso, não marcam uma tendência, por isso não enjoam rapidamente.

Para apostar nessa dica de como escolher cor de cortina para sala, compre cortina branca, bege, cinza ou marrom, por exemplo, que são tonalidades atemporais e funcionam bem em quaisquer ambientes.

Prefira cores claras para iluminar o ambiente

Sua sala não é tão iluminada quanto gostaria? Neste caso, as cortinas claras são as melhores dicas de compra, porque tornam o ambiente mais iluminado e ampliam visualmente o espaço.

A cortina de cor clara também é uma dica especial para quem tem sala pequena e quer passar a impressão de que o ambiente é maior. Considere escolher tons como o branco, bege, off white ou rosé.

Trabalhe com contraste

A parede da sala é clara? Então, que tal trabalhar com contraste, escolhendo uma cortina numa cor escura? Esta é uma opção para quem gosta de decorações modernas, que fogem do óbvio.

O ideal é que a cor da cortina seja igual ou semelhante a outra que já aparece na decoração, para ter unidade visual e tornar o ambiente ainda mais bonito.

Mas, é importante saber de um detalhe especial: cortinas de cores escuras ou vibrantes tendem a desbotar mais rápido quando ficam expostas diretamente ao sol. Por isso, há uma chance de a peça perder a intensidade de sua cor antes do esperado.

Qual é a influência das cores no comportamento?

A psicologia das cores estuda a influência de cada tonalidade no comportamento humano, despertando determinadas sensações. Curiosamente, isso também se aplica na decoração.

Se quiser que a decoração da sala traga leveza e sensação de cuidado, as cores neutras e claras são as mais indicadas. Escolha, por exemplo, cortinas brancas ou beges para ter esse resultado.

Já as tonalidades frias, como o azul e verde, são opções de cores para cortina quando se quer passar sensação de relaxamento. Se sua intenção for dar energia e vitalidade ao ambiente, o melhor é escolher uma cortina para a sala com cores quentes, como o laranja ou vermelho.

Como é a personalidade da pessoa de Libra? Aprenda aqui!

Libra é um signo de ar, e Libra é conhecido pelo amor de estar ao redor de outras pessoas. Libra é incrivelmente cooperativo e justo, e é um signo que acredita firmemente no poder da conexão social. Librianos são algumas das pessoas mais interessantes e inteligentes ao redor, e elas têm muito a oferecer. Abaixo, falaremos sobre as principais características de Libra, como Librianos se relacionam com os outros, e conselhos para conseguir se dar bem com uma pessoa de Libra em sua vida.

Um nativo de Libra é aquele nascido entre 23 de setembro e 22 de outubro. Libra é conhecido por ser charmoso, bonito e bem equilibrado. Eles prosperam em tornar as coisas ordeiramente e esteticamente agradáveis. Elas também anseiam pelo equilíbrio e podem ser tão auto-indulgentes quanto generosos.

Libras são também os reis e rainhas do compromisso, e gostam de fazer as pazes entre os outros. Isto faz deles grandes líderes, amigos e parceiros, e eles podem aplicar estas qualidades positivas em suas vidas pessoais e profissionais.

Como é a personalidade da pessoa de Libra? Aprenda aqui!

Librianos são pessoas excitantes para estar por perto. É claro que nem todos são exatamente iguais, mas estes traços-chave da personalidade são importantes para saber se você tem uma boa chance de se relacionar com elas.

Traços Positivos de Personalidade da Libra

Alguns dos melhores traços de Libra são um senso de justiça e uma natureza extrovertida. Eles são parte do motivo pelo qual amamos os nativos do signo de Libra.

Diplomático

Librianos são pacificadores naturais e são especialistas em táticas para apaziguar seus relacionamentos e em grupos. Eles escolhem suas palavras com cuidado e buscam encontrar pontos em comum com o maior número possível de pessoas.

Justiça

A pessoa de Libra tem um forte senso de justiça. Eles querem garantir que todos sejam ouvidos e são apaixonados por garantir que as coisas sejam equilibradas, especialmente quando se trata de eventos de grupo.

Idealista

Librianos preferem sempre olhar para o lado positivo. Eles vêem o melhor em todas as pessoas em todas as situações. Eles têm grandes intenções e pensam o melhor das pessoas e das idéias. Têm sempre grandes esperanças de iniciar novos projetos e aprender coisas novas.

Social

Há poucos signos mais extrovertidos do que Libras. Libra adora estar com as pessoas, e eles também adoram conhecer novas pessoas. Eles prosperam no companheirismo, e se rodeiam de pessoas interessantes que podem apresentá-los a coisas novas. Ser social é um dos elementos mais fundamentais da personalidade da Libra.

Inteligente

A pessoa de Libra é espirituosa, inteligente e excelente conversadora. Eles têm uma imaginação ativa e são rápidos em suas ações, o que os torna grandes companheiros e grandes solucionadores de problemas.

Traços de Personalidade Negativos de Libra

Librianos são todas únicas, e estes traços “negativos” da Libra fazem parte do que as torna quem são. As características negativas da Libra são todas parte de seu amor pelo equilíbrio.

Indeciso

O amor de Libra pelo equilíbrio pode atrapalhar o seu caminho. Eles vão passar horas pesando os prós e os contras até mesmo das menores decisões. Eles querem agradar a todos e têm dificuldade em se comprometer com uma ou outra coisa, mesmo que pareça inconseqüente.

O que fazer para crescer na área de logística?

Se você pretende construir uma carreira sólida nessa área, precisa levar em conta alguns pontos. O primeiro dele é se formar em uma faculdade de logistica. O ideal é que você aposte em um tecnólogo, afinal, esse é o único curso de logistica que é considerado uma graduação, ou seja, um curso de nível superior. Depois disso, pode ser interessante encontrar um boa pós-graduação de um nicho específico que você quer atuar. Mas, além dos estudos há algumas competências que são cobradas desses profissionais, confira quais são.

 

O que o mercado espera de um profissional da área de logística?

Depois de se formar na faculdade de logistica, o profissional vai enfrentar os desafios do mercado de trabalho. Mas, para isso, é interessante saber o que as empresas esperam desse profissional. Entre as competências mais procuradas se destacam a capacidade cognitiva; o dinamismo e a capacidade de adaptação; a liderança e a boa comunicação.

A capacidade cognitiva nada mais é que a vontade constante de aprender. Por isso, é necessário sempre estar procurando conteúdos novos, sejam em cursos, palestras, workshops ou pela internet. E é claro que esse conhecimento vai resultar em boas ideias que serão aplicadas na empresa em que o profissional trabalha.

Já o dinamismo e a capacidade de adaptação estão ligados ao trabalho sob pressão e a agilidade que ele exige. Afinal, a área da logística é muito dinâmica e está sujeita a mudanças constantes. E por fim, mas não menos importante, está a liderança e a boa comunicação. Afinal, os profissionais dessa área estão sempre em contato com diferentes setores da empresa, e até mesmo, funcionários terceirizados e clientes. E para esse contato dar certo é preciso ter senso de liderança, além de se comunicar de forma clara, resolvendo conflitos e promovendo um bom relacionamento entre toda a equipe.

Além das características mencionadas anteriormente, o perfil de um bom profissional formado no curso de logística precisa contar com outros pontos importantes. Como, por exemplo: criatividade, habilidade de negociação, ter noções de sustentabilidade e organização.

Então, se você pretende construir uma carreira de sucesso, pode começar a desenvolver essas características até mesmo antes, ou durante, o curso de logística. Assim, você vai terminar a faculdade de logistica mais bem preparado para o mercado de trabalho e dois passos à frente dos seus concorrentes.

 

Pós-graduação indicada para a área de logística

Como já falamos anteriormente, esse profissional precisa estar sempre se atualizando e indo atrás de conhecimento. Por isso, apenas o curso de logistica não é o suficiente para a sua carreira. Sendo assim, uma boa aposta é a pós-graduação. Entre os cursos em destaque para especialização podemos mencionar: Cadeia em Suprimentos, Gestão de Transportes e Comércio Exterior.

Na especialização de Cadeia de Suprimentos o objetivo é formar profissionais que possam desenvolver melhores estratégias de abastecimento. Durante o curso, o aluno entenderá os processos logísticos, como reduzir os custos e melhorar o nível do serviço prestado.

Já na Gestão de Transportes, os profissionais se aprofundam no conhecimento dos modais de transporte. O conhecimento repassado vai desde o planejamento até casos práticos que envolvam transporte de passageiros e diferentes tipos de carga. Também é possível conhecer mais sobre custo e segurança.

E para finalizar os nossos exemplos, está o Comércio Exterior. Com a globalização, o comércio e a comunicação entre os países são cada vez mais comuns e as empresas devem estar preparadas para isso. Durante o curso, o profissional aprenderá mais sobre as leis de importação de cada país, transporte internacional e negociação.

Mas é claro que há vários outros cursos de pós. Se você já está trabalhando na área, o ideal é que identifique um assunto em que precisa ter mais conhecimento, ou ainda, um ponto em que a empresa pode se desenvolver melhor. Depois, procure por um curso específico nessa área.

A pós-graduação, além de te deixar mais bem preparado para um área de conhecimento específica, também pode trazer outras vantagens para a sua carreira. Uma delas é o aumento salarial, juntamente com um cargo de maior prestígio e responsabilidade. Também pode abrir outras portas em uma nova vaga de emprego, por exemplo. As oportunidades estão por aí e não esperam.

Quais as melhores faculdades de ciencias contabeis?

curso de ciências contábeis

Quem pensa em se tornar um profissional de sucesso, independente da área de atuação, sabe que a preocupação com o futuro começa desde cedo. Para ser mais específico, podemos mencionar que ela começa lá no final do Ensino Médio, quando se torna necessária a escolha por um curso de ensino superior em uma instituição de ensino.

Hoje, em especial, abordaremos o curso de contabilidade como tema. E se esta é a sua opção profissional, fique ligado em todas as nossas dicas sobre a escolha da melhor faculdade de ciências contábeis.

No texto abaixo, falaremos um pouco sobre as modalidades de ensino em que o curso é oferecido e iremos fornecer algumas orientações preciosas para que você possa se basear para a futura decisão. Vamos lá?

 

Curso de contabilidade online ou presencial?

Para facilitar a sua escolha vamos abordar agora as duas modalidades de ensino voltadas para o curso de ciências contábeis.

A primeira delas, que logicamente você já deve conhecer, é a modalidade de ensino presencial.

Oferecida em milhares de faculdades pelo país, a modalidade presencial consiste em ingresso por meio de vestibular e ida frequente a instituição de ensino para assistir aulas, palestras e efetuar atividades práticas e avaliações, ou seja, nada muito diferente do que você já vivenciou academicamente.

Já na modalidade de ensino a distância, o ingresso também acontece por meio de um vestibular, mas você não precisa se preocupar com deslocamento, uma vez que todo o conteúdo é fornecido online ou por meio de materiais didáticos impressos, o que possibilita que você possa estudar quando e onde quiser, comparecendo a instituição somente para realização da prova online.

Desta forma, ao optar pela modalidade de ensino a distância, é necessário que você esteja disposto a flexibilizar o modo de aprendizado e tenha uma boa dose de organização.

Independente de qual seja a sua opção, é bom saber que a duração do curso de contabilidade ead ou presencial, é de quatro anos, sendo distribuída entre 8 semestres.

 

Como escolher a melhor faculdade de contabilidade?

Partindo para a parte prática, chegou a hora de conferir dicas preciosas que te guiarão na escolha da melhor instituição de ensino.

 

De olho no site do MEC

Diversos sites educacionais e portais especializados divulgam rankings com as melhores instituições de ensino, sejam elas privadas ou públicas, de ensino a distância ou presencial.

Porém, para que você possa confiar 100% nas informações, nada melhor do que consultar a nota dos cursos e universidades diretamente no site do Ministério da Educação – MEC. Ao efetuar este acesso é possível descobrir o conceito da qualidade de ensino e infraestrutura das instituições.

 

Busque opinião de quem conhece

Outra dica bem importante é buscar a opinião e avaliação dos alunos que ainda frequentam ou já frequentaram determinada graduação. Aqui vale a pena consultar os amigos e parentes que já estão cursando o nível superior e podem expor o seu ponto de vista de forma sincera e convincente.

 

Oportunidades oferecidas

Além do curso graduação, é sempre bom ficar ligado no que as universidades oferecem. Afinal, horas complementares e programas de estágio podem ser exigidos no seu curso. Outro ponto a ser levado em consideração é a opção de especialização. Ainda no caso das instituições EAD, é preciso saber se oferecem espaço para estudos, biblioteca e um bom laboratório de informática para realização de trabalhos e provas.

 

Qualidade do corpo docente

Em geral, todas as universidades divulgam o currículo e qualificação dos seus professores. Sendo assim, considere optar por uma instituição que tenha seu corpo docente formado na maioria por mestre e doutores na área. Sinta-se à vontade para dar uma olhadinha no currículo lattes de cada um e já ir se familiarizando com eles.

Para finalizar, todos nós sabemos que o processo para escolha de uma instituição de ensino, que será responsável por boa parte da sua formação, pode ser desgastante e cansativo.

Porém, agora que você já possui as informações acima, já sabe por onde começar, o que tornará o processo mais simples e rápido.

Assim, esperamos que você aplique nossas dicas e recomendações e que, futuramente, após adquirir todo conhecimento e experiência necessária, seja um bacharel em ciências contábeis que exerce com qualidade e dedicação a sua profissão.